Diretoria

Nome Cargo eletivo ocupado Data da eleição Data da eleição
Gilberto Meirelles Xandó Baptista Diretor Presidente 29/12/2011 AGO 2014

Gilberto Meirelles Xandó Baptista O Sr. Gilberto Meirelles Xandó Baptista é formado em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas, com Mestrado em Varejo pela USP/FEA e especialização em Gestão de Negócios PGA pela Fundação Dom Cabral/INSEAD, na França. Atualmente é Diretor Presidente da Vigor Alimentos S.A. Possui forte vivência multidisciplinar em carreira desenvolvida nas áreas de Finanças, Controladoria, Trade Marketing, Marketing, Comercial (Brasil e Exterior) e Gestão de Unidade de Negócios nas empresas Natura, Sadia S.A. e Coopers & Lybrand.

Gustavo Lopes Theodózio Diretor de Administração e Controle 29/12/2011 AGO 2014

Gustavo Lopes Theodózio O Sr. Gustavo Lopes Theodózio é atualmente Diretor de Administração e Controle da Vigor Alimentos S.A. Possui MBA em Gestão Empresarial pela FGV Management, Pós-Graduação em Contabilidade e Controladoria pela Universidade Federal de Pernambuco e é graduado em Administração de Empresas pela FOCCA/PE. O Sr. Gustavo Theodozio exerceu cargo de Diretor Administrativo e Financeiro e de Diretor de Novas Mídias no Grupo JCPM, atuando no Sistema Jornal do Commercio de Comunicação e de Auditor Interno no Bompreço S.A. Supermercados do NE. Também foi Presidente do Conselho de Administração da ABRH/PE - Associação Brasileira de Recursos Humanos - Seccional Pernambuco.

Maurício Leonardo Hasson Diretor Financeiro e de Relação com Investidores 14/08/2012 AGO 2014

Maurício Leonardo Hasson O Sr. Maurício Leonardo Hasson é formado em Engenharia Mecânica e Produção pela PUC-RJ, possui MBA na The University of Chicago Booth School of Business. Com mais de 13 anos de experiência em Investment Banking e finanças corporativas, trabalhou nos últimos sete anos no Rothschild e Bear Sterns no assessoramento e acompanhamento de importantes processos de fusões e aquisições.

A diretoria tem todos os poderes para praticar os atos necessários ao funcionamento regular da Companhia e à consecução do objeto social, por mais especiais que sejam, incluindo para renunciar a direitos, transigir e acordar, observadas as disposições legais ou estatutárias pertinentes. Observados os valores de alçada da diretoria fixados pelo conselho de administração nos casos previstos acima, compete à diretoria administrar e gerir os negócios da Companhia, especialmente:

  1. cumprir e fazer cumprir o estatuto social e as deliberações do conselho de administração e da assembleia geral;
  2. elaborar, anualmente, o relatório da administração, as contas da diretoria e as demonstrações financeiras da Companhia acompanhados do relatório dos auditores independentes, bem como a proposta de destinação dos lucros apurados no exercício anterior, para apreciação do conselho de administração e da assembleia geral;
  3. propor, ao conselho de administração, o orçamento anual, o orçamento de capital, o plano de negócios e o plano plurianual, o qual deverá ser revisto e aprovado anualmente;
  4. deliberar sobre a instalação e o fechamento de filiais, depósitos, centros de distribuição, escritórios, seções, representações por conta própria ou de terceiros, em qualquer ponto do país ou do exterior;
  5. decidir sobre qualquer assunto que não seja de competência privativa da assembleia geral ou do conselho de administração; e
  6. convocar a assembleia geral, no caso de vacância de todos os cargos do conselho de administração.

Conselho de Administração

Nome Cargo eletivo ocupado Data da eleição Prazo de mandato
Wesley Mendonça Batista 20 - Presidente do Conselho de Administração 09/02/2012 AGO 2014

Wesley Mendonça Batista O Sr. Wesley Batista é o atual Vice-Presidente do Conselho de Administração da JBS e possui mais de 20 anos de experiência com produção de carne bovina no Grupo JBS. É também o Diretor Presidente da JBS. O Sr. Wesley Batista trabalha no Grupo JBS desde 1987 e é um dos filhos do Sr. José Batista Sobrinho, o fundador do Grupo JBS, e irmão do Sr. Joesley Mendonça Batista.

Joesley Mendonça Batista 22 - Conselho de Administração (Efetivo) 09/02/2012 AGO 2014

Joesley Mendonça Batista O Sr. Joesley Batista é o atual Presidente do Conselho de Administração da JBS S.A. e Presidente da J&F Investimentos S.A., holding controladora do Grupo JBS, e possui mais de 20 anos de experiência com produção de carne bovina no Grupo JBS. O Sr. Joesley Batista trabalha no Grupo JBS desde 1988 e é um dos filhos do Sr. José Batista Sobrinho, o fundador do Grupo JBS, e irmão do Sr. Wesley Mendonça Batista.

Gilberto Tomazoni 22 - Conselho de Administração (Efetivo) 03/04/2013 AGO 2014

Gilberto Tomazoni Gilberto Tomazoni possui vasta experiência e conhecimento da indústria de alimentos. Trabalhou durante 27 anos na Sadia, dos quais quatro como Diretor Presidente, onde teve participação fundamental na internacionalização da empresa e no desenvolvimento de suas marcas no Brasil e no exterior. Durante os últimos três anos atuou como Vice Presidente da Bunge Alimentos, gerindo os negócios de alimentos e ingredientes, respondendo também como Diretor Executivo para América do Sul e Central. Recentemente, foi nomeado para assumir a divisão de aves da JBS S.A. Gilberto Tomazoni é engenheiro mecânico pela Universidade Federal de Santa Catarina, com pós-graduação em desenvolvimento gerencial.

Cristiana Arcangeli 27 - Conselho de Adm. Independente (Efetivo) 09/02/2012 AGO 2014

Cristiana Arcangeli A Sra. Cristiana Arcangeli é formada em Odontologia com especialização em Endodontia e atua como empresária do segmento de cosméticos há mais de 25 anos, tendo criado marcas como Phytoervas, Éh Cosméticos e Beauty´in. Recebeu diversos prêmios por sua atuação e influência no segmento de cosméticos e perfumaria e por suas ações empreendedoras, além de ter sido a primeira mulher membro da Academia Brasileira de Marketing, é voluntária da ONG Endeavor, escreveu três livros e participou em programas de TV.

Betania Tanure de Barros 27 - Conselho de Adm. Independente (Efetivo) 09/02/2012 AGO 2014

Betânia Tanure de Barros A Sra. Betânia Barros é membro do Conselho de Administração da RBS e da GOL Linhas Aéreas. Adicionalmente, atua como consultora, responsável técnica pela BTA e professora em empresas nacionais e internacionais como: ArcelorMittal, Banco Santander, Banco Central do Brasil, Banco Itaú, Brasilprev, Embraer, Gerdau, Kimberly-Clark, IBM, Natura, RBS, Sadia, Samarco, TAP, Usiminas, Vale, Via Varejo e Weg. A Sra. Betânia Barros é doutora pela Brunel University (Inglaterra), Postgraduate Diploma in Management Consulting na Henley Management College (Inglaterra), e possui especialização em gestão pelo INSEAD.

Luiz Antonio Rodrigues Elias 27 - Conselho de Adm. Independente (Efetivo) 02/10/2012 AGO 2014

Luiz Antonio Rodrigues Elias O Sr. Luiz Antonio Rodrigues Elias é Economista e também Pesquisador Titular do Instituto de Nacional de Propriedade Intelectual (INPI). Desde 2007, ocupa o cargo de Secretário Executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. Anteriormente, foi Secretário de DesenvolvimentoTecnológico e Inovação do mesmo Ministério (2006), Diretor da Rede Ferroviária Federal, por indicação do Ministério do Planejamento (2005) e Secretário Adjunto da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social da Prefeitura do Rio de Janeiro.

Maurício Tiomno Tolmasquim 27 - Conselho de Adm. Independente (Efetivo) 06/11/2012 AGO 2014

Mauricio Tiomno Tolmasquim O Sr. Mauricio Tiomno Tolmasquim foi Secretário-Executivo do Ministério de Minas e Energia (MME), Conselheiro de Administração da Itaipu Binacional e de Furnas Centrais Elétricas; coordenador do grupo técnico de formulação e implementação da reforma institucional do setor elétrico; membro do grupo de trabalho que elaborou o novo marco regulatório do Pré-Sal. Foi condecorado com o Grau de Grande Oficial da Ordem de Rio Branco pelo Itamaraty. É organizador, autor ou coautor de 20 livros e de mais de uma centena de artigos técnicos, assim como de dezenas de textos publicados na imprensa.

Compete ao conselho de administração, além de outras atribuições previstas em nosso estatuto social:

  1. fixar a orientação geral dos negócios da Companhia;
  2. eleger e destituir os diretores, bem como discriminar as suas atribuições, observado o disposto em nosso estatuto social;
  3. fixar a remuneração, os benefícios indiretos e os demais incentivos dos diretores, dentro do limite global da remuneração da administração aprovado pela assembleia geral;
  4. fiscalizar a gestão dos nossos diretores; examinar a qualquer tempo os livros e papéis da Companhia; solicitar informações sobre contratos celebrados ou em vias de celebração e sobre quaisquer outros atos;
  5. escolher e destituir os auditores independentes, bem como convocá-los para prestar os esclarecimentos que entender necessários sobre qualquer matéria;
  6. apreciar o relatório da administração, as contas da diretoria e as nossas demonstrações financeiras e deliberar sobre sua submissão à assembleia geral;
  7. aprovar e rever o orçamento anual, o orçamento de capital, o plano de negócios e o plano plurianual, o qual deverá ser revisto e aprovado anualmente, bem como formular proposta de orçamento de capital a ser submetido à assembleia geral para fins de retenção de lucros;
  8. deliberar sobre a convocação da assembleia geral, quando julgar conveniente ou no caso do artigo 132 da Lei das Sociedades por Ações;
  9. submeter à assembleia geral ordinária proposta de destinação do lucro líquido do exercício, bem como deliberar sobre a oportunidade de levantamento de balanços semestrais, ou em períodos menores, e o pagamento de dividendos ou juros sobre o capital próprio decorrentes desses balanços, bem como deliberar sobre o pagamento de dividendos intermediários ou intercalares à conta de lucros acumulados ou de reservas de lucros, existentes no último balanço anual ou semestral;
  10. apresentar à assembleia geral proposta de reforma do estatuto social;
  11. apresentar à assembleia geral proposta de dissolução, fusão, cisão e incorporação, inclusive incorporação de ações, da Companhia e de incorporação, inclusive incorporação de ações, pela Companhia, de outras sociedades, bem como autorizar a constituição, dissolução ou liquidação de subsidiárias e a instalação e o fechamento de plantas de plantas industriais, no Brasil ou no exterior;
  12. manifestar-se previamente sobre qualquer assunto a ser submetido à assembleia geral; estabelecer o valor e as matérias de alçada da diretoria em relação ao voto da Companhia em qualquer deliberação societária das sociedades controladas pela Companhia;
  13. autorizar a emissão de ações da Companhia, nos limites autorizados no artigo 6º do estatuto social, fixando o preço, o prazo de integralização e as condições de emissão das ações, podendo, ainda, excluir o direito de preferência ou reduzir o prazo para o seu exercício nas emissões de ações, bônus de subscrição e debêntures conversíveis, cuja colocação seja feita mediante venda em bolsa ou por subscrição pública ou em oferta pública de aquisição de controle, nos termos estabelecidos em lei;
  14. deliberar sobre a emissão de bônus de subscrição e de debêntures conversíveis em ações ordinárias;
  15. outorgar opção de compra de ações a administradores, empregados ou pessoas naturais que prestem serviços à Companhia ou a sociedades controladas pela Companhia, sem direito de preferência para os acionistas, nos termos de planos aprovados em assembleia geral;
  16. deliberar sobre a negociação com ações de emissão da Companhia para efeito de cancelamento ou permanência em tesouraria e respectiva alienação, observados os dispositivos legais pertinentes;
  17. deliberar sobre a emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações e sem garantia real;
  18. deliberar, por delegação da assembleia geral quando da emissão de debêntures pela Companhia, sobre a época e as condições de vencimento, amortização ou resgate, a época e as condições para pagamento dos juros, da participação nos lucros e de prêmio de reembolso, se houver, e o modo de subscrição ou colocação, bem como os tipos de debêntures;
  19. estabelecer o valor de alçada da diretoria para a emissão de quaisquer instrumentos de crédito para a captação de recursos, sejam "bonds", "notes", "commercial papers", ou outros de uso comum no mercado, bem como para fixar as suas condições de emissão e resgate, podendo, nos casos que definir, exigir a prévia autorização do conselho de administração como condição de validade do ato;
  20. estabelecer o valor da participação nos lucros dos diretores e empregados da Companhia e de sociedades controladas pela Companhia, podendo decidir por não atribuir-lhes qualquer participação;
  21. decidir sobre o pagamento ou crédito de juros sobre o capital próprio aos acionistas, nos termos da legislação aplicável;
  22. autorizar a aquisição ou alienação de investimentos em participações societárias, associações societárias ou alianças estratégicas com terceiros;
  23. estabelecer o valor de alçada da diretoria para a aquisição ou alienação de bens do ativo permanente e bens imóveis, bem como autorizar aquisição ou alienação de bens do ativo permanente de valor superior ao valor de alçada da diretoria, salvo se a transação estiver contemplada no orçamento anual da Companhia;
  24. estabelecer o valor de alçada da diretoria para a constituição de ônus reais e a prestação de avais, fianças e garantias a obrigações próprias, bem como autorizar a constituição de ônus reais e a prestação de avais, fianças e garantias a obrigações próprias de valor superior ao valor de alçada da diretoria;
  25. aprovar a celebração, alteração ou rescisão de quaisquer contratos, acordos ou convênios entre a Companhia e empresas ligadas (conforme definição constante do Regulamento do Imposto de Renda) aos administradores, sendo certo que a não aprovação da celebração, alteração ou rescisão de contratos, acordos ou convênios abrangidos por esta alínea implicará a nulidade do respectivo contrato, acordo ou convênio;
  26. estabelecer o valor de alçada da diretoria para contratar endividamento, sob a forma de empréstimo ou emissão de títulos ou assunção de dívida, ou qualquer outro negócio jurídico que afete a estrutura de capital da Companhia, bem como autorizar a contratação de endividamento, sob a forma de empréstimo ou emissão de títulos ou assunção de dívida, ou qualquer outro negócio jurídico que afete a estrutura de capital da Companhia de valor superior ao valor de alçada da diretoria;
  27. conceder, em casos especiais, autorização específica para que determinados documentos possam ser assinados por apenas um diretor (que não o Diretor Presidente), do que se lavrará ata no livro próprio;
  28. aprovar a contratação da instituição prestadora dos serviços de escrituração de ações;
  29. aprovar as políticas de divulgação de informações ao mercado e negociação com valores mobiliários da Companhia;
  30. definir a lista tríplice de instituições ou empresas especializadas em avaliação econômica de empresas, para a elaboração de laudo de avaliação das ações da Companhia, em caso de oferta pública de aquisição de ações para fins de cancelamento de registro de companhia aberta ou saída do Novo Mercado;
  31. deliberar sobre qualquer matéria que lhe seja submetida pela diretoria, bem como convocar os membros da diretoria para reuniões em conjunto, sempre que achar conveniente;
  32. instituir comitês e estabelecer os respectivos regimentos e competências;
  33. dispor, observadas as normas do Estatuto Social e da legislação vigente, sobre a ordem de seus trabalhos e adotar ou baixar normas regimentais para seu funcionamento; e
  34. manifestar-se favorável ou contrariamente a respeito de qualquer oferta pública de aquisição de ações que tenha por objeto as ações de emissão da Companhia, por meio de parecer prévio fundamentado, divulgado em até 15 (quinze) dias da publicação do edital da oferta pública de aquisição de ações, que deverá abordar, no mínimo: (i) a conveniência e a oportunidade da oferta pública de aquisição de ações quanto ao interesse do conjunto dos acionistas e em relação à liquidez dos valores mobiliários de sua titularidade; (ii) as repercussões da oferta pública de aquisição de ações sobre os interesses da Companhia; (iii) os planos estratégicos divulgados pelo ofertante em relação à Companhia; e (iv) outros pontos que o conselho de administração considerar pertinentes, bem como as informações exigidas pelas regras aplicáveis estabelecidas pela CVM.

Conselho Fiscal

Nome Cargo eletivo ocupado Data da eleição Prazo de mandato
Florisvaldo Caetano de Oliveira 40 - Presidente C.F. Eleito p/ Controlador 30/04/2013 AGO 2014

Florisvaldo Caetano de Oliveira O Sr. Oliveira é membro do Conselho Fiscal da JBS S.A. desde 28 de setembro de 2007. Formado em Técnico em Contabilidade pelo Colégio La Salle - Brasília-DF. Administrou a Empresa Rigor 65 Comércio e Distribuição de Produtos de Higiene e Limpeza de 1998 a 2006. Administrou a Empresa Transportadora Santos Dumont Ltda., empresa do segmento de transportes, de 1999 a 2002. Administra a Empresa Escritório de Contabilidade F.F. Ltda desde dezembro de 2004.

Demetrius Nichele Macei 43 - C.F. (Efetivo) Eleito p/ Controlador 30/04/2013 AGO 2014

Demetrius Nichele Macei O Sr. Macei é professor de Direito tributário na Faculdade de Direito de Curitiba, com PhD em legislação tributária pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Ele tem uma extensa experiência profissional, ocupando cargos em empresas como JBS Argentina S.A., JBS S.A. e Deloitte Brasil. Além disso, o Sr. Macei publicou artigos e livros na área.

Sandro Domingues Raffai 43 - C.F. (Efetivo) Eleito p/ Controlador 30/04/2013 AGO 2014

Sandro Domingues Raffai O Sr. Raffai é graduado em contabilidade pela Faculdade Oswaldo Cruz. Cursa a pós graduação da Escola de Comércio Álvares Penteado - FECAP em gestão tributária. Escritório de contabilidade FF Ltda, período de junho de 2006 à atual, assistente de controladoria.

Adrion Lino Pires 46 - C.F. (Suplente) Eleito p/ Controlador 30/04/2013 AGO 2014

Adrion Lino Pires Graduado em Ciências Contábeis pela UNIFAJ - União das Faculdades de Jussara, Goiás (2002). Exerceu os cargos de Auxiliar de Contabilidade em empresa de prestação de serviços contábeis (1988 - 1994), Gerente Administrativo em supermercado (1994 - 2000), Gerente de Contabilidade em empresa de prestação de serviços contábeis (2000 - 2002), Coordenador de Contabilidade na JBS S.A. (2003 - 2010) e Gerente Administrativo na empresa J&F Investimentos S.A. (2011 - 2013).

Marcos Godoy Brogiato 46 - C.F. (Suplente) Eleito p/ Controlador 30/04/2013 AGO 2014

Marcos Godoy Brogiato O Sr. Brogiato é graduado em Administração de Empresas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC. Foi funcionário do Grupo Bordon de novembro de 1973 a setembro de 2001, sendo os seguintes os últimos cargos exercidos: Gerente de Contabilidade Geral (setembro de 1996 a novembro de 1998), reportando-se à Diretoria de Planejamento e Controle; Gerente Financeiro (dezembro de 1998 a setembro de 2001), reportando-se ao Diretor Presidente. De setembro de 2001 a junho de 2006 prestou serviços de assessoria para o Grupo Bordon e desde junho de 2006 coordena a contabilidade do Grupo Bordon.

Ricardo Yocyaky Sugieda 46 - C.F. (Suplente) Eleito p/ Controlador 30/04/2013 AGO 2014

Ricardo Yocyaky Sugieda Graduado em administração de empresas pela Universidade de São Paulo USP, de 01/1997 a 12/2001. Graduado em ciências contábeis pela Universidade Paulista UNIP, de 01/2002 a 12/2003. Gerente de Planejamento Financeiro da JBS S.A. tendo participado em projetos de finanças corporativas e fusões e aquisições, de 04/2005 a 10/2012. Analista de Investimentos da Intertrust Corporate Finance S.A./Socopa Corretora Paulista S.A., tendo participado em projetos de finanças corporativas, fusões e aquisições e como analista de research sell side, de 07/1999 a 03/2005.

Os poderes e atribuições do conselho fiscal são aqueles a ele conferidos por lei.

MAIS ACESSADOS

MEUS FAVORITOS

Você não tem seções favoritas em nosso site. Para aprender a escolher seus favoritos clique aqui.